Bateria

Bloco

Nas competições esportivas universitárias, como as Economíadas, um dos maiores estímulos dos times vem da torcida e, desempenhando papel essencial nela, está a Bateria S/A. Ela ensaia duas vezes por semana e comparece aos jogos da universidade e às competições das quais a FEA participa.

Surgida em 1993, no início ela era a Bateria da FEA, apenas uma reunião de um grupo de alunos com ritmo, que resolveu ensaiar e comparecer aos jogos da faculdade para animar a torcida, e ligou-se à Atlética.

Fazendo som de qualidade, em 2002 a Bateria viveu seu grande momento nas Economíadas de Serra Negra, quando contribuiu diretamente para que a FEA fosse eleita a melhor torcida dos jogos. E apesar de alguns problemas nos anos seguintes, em 2005 realizou algumas suas melhores apresentações: a colação de grau dos formandos, no início do ano, e o churrasco dos bixos na mesma época. 

Mas novamente surgiram problemas e muitos alunos se desligaram, discussões ocorreram e os ensaios foram esvaziando. No segundo semestre, querendo se renovar por completo, a bateria ressurge como Bateria S/A. E dá certo: com ritmo e afinação, dá um show no Economíadas, animando a torcida e fazendo com que os membros tivessem orgulho de ser da Bateria.

Em 2006, foi gravado um CD com as músicas da bateria. Nesse ano ainda a Bateria S/A desligou-se da Atlética e tornou-se uma entidade independente, porém apoiada por todas as demais da FEA, incluindo o CA e a Atlética. 

Em 2007, a Bateria S/A participou da IV Mostra da Baterias Universitárias, na escola de samba Tom Maior, além de eventos clássicos, como a colação de grau dos formandos e o churrasco dos bixos. Já em 2008, a bateria pode notar que seu trabalho está sendo reconhecido fora da FEA, pois receberam convites para tocar fora da faculdade: na Festa das Oito, organizada pela faculdade São Camilo, e a Maratona de São Paulo, convite feito pela Bateria da Poli. 

Cada vez mais a Bateria S/A tenta agregar valor à sua música, ensaiando não somente os gritos de guerra da faculdade, mas também sambas, sempre com a assistência de grandes mestres de bateria, das grandes escolas de samba. E também integrando os seus membros, com viagens e encontros após os ensaios.

Os ensaios acontecem na rua da Raia da USP, mas a concentração é feita no prédio FEA 5. Qualquer aluno pode ensaiar e ser parte da Bateria S/A, basta aparecer a um ensaio. Os horários são divulgados no mural da Atlética, assim como os contatos dos DM (diretores de modalidade).