FEA Alumni - Ex-colegas homenageiam Miguel Colasuonno

Bloco

Com a presença de familiares, amigos e ex-colegas, o departamento de Economia da FEA inaugurou dia 9 de abril um espaço de estudos e pesquisas para alunos de pós-graduação com o nome do ex-professor da FEA

Cacilda Luna
O ex-prefeito de São Paulo, Miguel Colasuonno, foi homenageado pela FEA no último dia 9 de abril. Com a presença de familiares, amigos e ex-colegas, o departamento de Economia (EAE) inaugurou um espaço de estudos e pesquisas para alunos de pós-graduação com o nome do ex-professor da FEA. Falecido em outubro de 2013, aos 74 anos, Colasuonno é mais conhecido por suas atividades políticas. Mas foi na USP que ele impulsionou sua carreira de economista e exerceu um importante papel na área acadêmica. Participou do projeto de modernização do ensino de economia e colaborou para a implantação do programa de pós-graduação do IPE/USP (Instituto de Pesquisas Econômicas). 

Batizado de Espaço de Pós-Graduação do IPE “Professor Miguel Colasuonno”, o ambiente passou por reformas e modernização. São três salas contíguas, localizadas no 1º andar do FEA-2, que foram divididas em uma área de convivência logo na entrada, uma sala dotada de recursos tecnológicos e uma sala privativa de estudos e pesquisas. Para realizar a reforma, um grupo de professores da época em que Colasuonno dava aulas na Faculdade e foi secretário-executivo do IPE arrecadou quase R$ 80 mil. A iniciativa foi liderada pelo Prof. Wilson Rabahy e teve a participação de Delfim Netto, José Pastore, Antônio Carlos Campino e Juarez Rizzieri. 

A carreira de Colasuonno como economista foi estruturada na FEA. Após se formar na graduação, em 1962, fez pós-graduação no IPE, especializando-se em comércio internacional e câmbio, em 1965. Em Vanderbilt University (EUA), obteve o título de Master of  Degree em Economia e Professor PHD em Foreign Business, em 1966. Entre 1966 e 1971, foi professor e secretário-executivo do IPE. Ministrou as disciplinas de Análise Microeconômica, Formação de Preços e Moedas e Bancos. 

Ao lado do ex-ministro Delfim Netto, Miguel Colasuonno foi um dos fundadores da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), entidade criada em 1973, que assumiu a apuração do ICV (Índice do Custo de Vida) do município de São Paulo, passando a se chamar IPC (Índice de Preços ao Consumidor). 

A homenagem a Miguel Colasuonno incluiu uma placa comemorativa e um painel de fotos históricas, que foram cedidas pela família. Além de prefeito (1973-1975), Colasuonno foi secretário de Economia e Planejamento do Estado durante o governo Laudo Natel. A vida política sempre o atraiu. Candidatou-se a vereador de São Paulo, em 1992, e chegou ao cargo máximo do legislativo municipal, assumindo a presidência da Câmara de Vereadores. Foi também presidente da Embratur, diretor da Eletrobrás e presidente da Ordem dos Economistas de São Paulo. 


Data do Conteúdo: 
quarta-feira, 15 Abril, 2015

Departamento:

Bloco

Recomende uma notícia